Você realiza uma gestão eficiente da sua carreira?

Você realiza uma gestão eficiente da sua carreira?

Voltar

A nossa vida, tanto pessoal quanto profissional, é permeada por diversos sonhos que desenvolvemos ao longo de nossas trajetórias. Relembre os pensamentos que você teve esta semana e, com certeza, identificará algum momento no qual você se pegou fazendo projeções de onde quer estar no futuro ou daquilo que quer realizar em um momento específico de sua vida. No entanto, se queremos que essas visões sejam mais do que um mero sonho e se tornem realidade, é preciso fazer um planejamento sólido e traçar estratégias que nos permitam alcançar os objetivos desejados. Por isso, selecionamos 3 dicas para que você faça uma gestão eficiente de sua carreira. Confira!

1. Trace metas

Não há nada mais comum do que pessoas que acham que as coisas vão simplesmente acontecer naturalmente na carreira, apenas com o passar do tempo e com o amadurecimento profissional. No entanto, ficar de braços cruzados esperando uma oportunidade aparecer é uma escolha bastante imatura e, inclusive, ineficiente.

Pare para pensar naquilo que você realmente deseja alcançar em um período específico de tempo. Por exemplo: onde você quer estar daqui a 5 anos? Se você se imagina ocupando uma posição de liderança na empresa, então defina que esse é o seu objetivo e, então, procure saber o que você precisa fazer para atingir essa meta. Se matricular em um curso de gestão de pessoas? Marcar uma reunião com seu chefe e pedir para coordenar algum projeto menor, a fim de ganhar experiência na área? Aprender uma língua estrangeira que é de grande relevância na companhia?

Independentemente do que for exigido no seu caso, é imprescindível definir e delimitar os passos que devem ser tomados. Depois, determine prioridades e estabeleça prazos para cumprir cada um dos itens listados.

Tendo uma noção explícita de onde você que chegar e de como fará isso, a chance de você cumprir sua meta no plano pré-estabelecido é muito maior!

2. Realize um planejamento financeiro

É bastante provável que as ações que você deve desenvolver para aprimorar a sua carreira exijam algum tipo de investimento financeiro: se você deseja realizar um curso, pode ser necessário pagar a matrícula e as mensalidades; se você quer participar de um congresso da área, é possível que exista um valor de inscrição, e até mesmo despesas com refeições, transporte e hospedagem; se você está organizando um encontro de profissionais da sua área para incrementar o seu networking, pode ser que você tenha que arcar com custos referentes a aluguel de espaço, aperitivos e bebidas.

Por isso, é sempre importante fazer um planejamento financeiro, lançando em uma planilha todas as despesas que você terá ao longo do período em questão, bem como as receitas que serão utilizadas para cobrir esses gastos. Esse controle é extremamente necessário para que seja possível se manter no caminho definido no início, já que é bastante comum que as pessoas desistam de suas metas por falta de recursos – ou de um planejamento financeiro sólido.

3. Conheça seu perfil

É claro que todas as pessoas desejam obter sucesso profissional. No entanto, é bastante comum que, para atingir essa vitória, os indivíduos decidam investir em uma área específica de atuação por causa da sua reputação ou de sua remuneração. Assim, muita gente esquece-se de avaliar aquilo que é melhor para si considerando seu perfil, seus gostos e habilidades.

Portanto, antes de decidir qual vai ser a sua meta (aquela da qual falamos no item 1), faça uma triangulação de dados: considere o retorno que essa posição te dará, a sua habilidade em realizá-la e o prazer que você sentirá ao estar nessa posição. Se um desses itens estiver muito defasado, é bastante provável que você precise repensar aquilo que é melhor para sua carreira e seu bem-estar!

 

Gostou das nossas dicas? Então compartilhe este texto em suas redes sociais!


DEIXE AQUI SEU COMENTÁRIO

Receba nossa newsletter