Fundações: a importância de um bom trabalho de projeto e execução

Fundações: a importância de um bom trabalho de projeto e execução

Voltar

Em maio de 2015, o professor de MBA do IPOG, Vinicius Lorenzi, publicou um artigo no siteadministradores.com discorrendo sobre a necessidade de executar fundações com mai s qualidade nos projetos de edificação. De acordo com o autor, esse campo é cercado de incertezas que podem gerar diversos riscos e, portanto, é preciso que os profissionais da área foquem na implementação de boas práticas e no controle de qualidade.

Para um bom trabalho no projeto e na execução das fundações, é necessário que os funcionários envolvidos realizem a avaliação de todos os projetos da obra, analisando ensaios, altura dos blocos, cargas e ações atuantes, etc. Além disso, visitas ao local onde a obra será realizada são indispensáveis para a análise de pontos de riscos e zonas de influência.

Caso o trabalho não seja realizado com muito cuidado e detalhamento, graves problemas podem ocorrer, levando inclusive a fatalidades. Na China, em 2009, por exemplo, um prédio em construção caiu para trás como se fosse uma árvore, com sua estrutura ainda completa. A construção tinha 13 andares e tombou devido a problemas na fundação, causando uma morte. Além disso, duas pessoas responsáveis pelo projeto foram condenadas a prisão perpétua.

Fonte da imagem: http://hypescience.com/

Fonte da imagem: http://hypescience.com/

Outro caso bastante impactante foi o do Edifício Liberdade, que ruiu, no Rio de Janeiro, em 2012. A Revista Veja publicou um infográfico, na época, explicando por que um prédio cai e como um prédio cai, apresentando algumas informações sobre a tragédia (veja o infográfico na íntegra aqui.). Entre os motivos pelos quais uma edificação pode desabar, foram mencionados problemas referentes à fundação, tanto relacionados à construção quanto ao terreno.

No caso de complicações na construção, a origem geralmente está em uma má elaboração de projeto, em falhas na execução ou no uso de materiais de baixa qualidade. Já no caso de complicações referentes ao terreno, a origem provém de uma falta de análise por parte dos profissionais responsáveis, já que cada tipo de solo exige um tipo diferente de fundação. No caso de solos arenosos ou moles, como no Rio de Janeiro, são necessárias fundações mais sólidas e profundas, por exemplo.
Dessa forma, fica claro que os profissionais e empreendedores envolvidos em obras de fundações de edificações devem estar em constante aprimoramento profissional.

Por isso, a Krozai oferecerá o curso “Fundações ”, que será realizado nos dias 26 e 28 de outubro/2016 e ministrado pelo Prof. Emil Sanchez.

Para obter mais informações, como o local, o horário e a programação, clique aqui.

Faça agora mesmo a sua inscrição

Fontes consultadas:
http://www.administradores.com.br/noticias/negocios/execucao-de-fundacoes-empresas-devem-aumentar-qualidade-e-nao-apenas-produtividade/101526/
http://hypescience.com/predio-de-13-andares-cai-como-uma-arvore/
http://veja.abril.com.br/multimidia/infograficos/por-um-fio


DEIXE AQUI SEU COMENTÁRIO

Receba nossa newsletter