A semana da mulher, além de servir para homenageá-las, serve principalmente para relembrar uma luta por igualdade que começou há muitos anos e que permanece até hoje. Por isso, esta semana, nas redes sociais, várias pessoas publicaram mensagens falando sobre o lugar da mulher, em resposta à famosa expressão “lugar de mulher é na cozinha”. Na verdade, lugar de mulher é na engenharia, na educação, na obra de construção, na ciência, na política, onde ela quiser!

Para mostrar que a mulher é capaz de realizar trabalhos impressionantes e não merece menos reconhecimento que os homens, trazemos 5 exemplos de mulheres que criaram tecnologias incríveis. Confira:

1. Hedy Lamarr

Sim, Hedy Lamarr era uma belíssima atriz de sucesso nos Estados Unidos, na década de 40. Mas seu talento para a atuação e sua chamativa aparência não eram o único que ela tinha a oferecer! Durante a Segunda Guerra Mundial, ela teve a ideia de criar um aparelho de interferência em rádio para despistar radares nazistas, ideia que foi patenteada por ela em 1940. Apesar de o projeto só ter sido concretizado nos anos 60, a invenção lhe rendeu um prêmio de reconhecimento em 1997. O mais interessante é que sua ideia serviu como base para tecnologias que temos nos dias de hoje, como Bluetooh e Wi-Fi.

1

2. Stephanie Kwolek

A polaco-estadunidense nascida em 1923 foi uma química que inventou o Kevlar (p-fenilenodiamina com cloreto de tereftaloila), uma fibra resistente que é conhecida por ser cinco vezes mais forte que o aço. Devido ao fato de ser muito leve, atualmente essa “superfibra” é utilizada na fabricação de roupas esportivas, pneus, coletes à prova de balas e equipamentos de segurança. O Kevlar gera milhares de dólares por ano em vendas de produtos feitos com a fibra. Além disso, Kwolek é dona de 17 patentes. Incrível!

2

3. Margaret Hamilton

A americana Margaret Hamilton desenvolveu o software de voo utilizado na primeira missão tripulada à Lua, a Apollo 11. Em uma época em que as mulheres não eram incentivadas a trabalharem em áreas de computação, ela enfrentou os obstáculos e conseguiu uma vaga de emprego no Instituto de Tecnologia de Massachusetts com apenas 24 anos de idade. Se esforçando para equilibrar o trabalho e a maternidade, ela chegou a ser diretora dos projetos Skylab e Apollo e coordenou toda a equipe de engenharia e matemática, que em 1968 contava com aproximadamente 400 pessoas. Ela e sua equipe foram os responsáveis por programar a nave, de forma que ela pudesse pousar na Lua e navegar por lá. Hamilton é considerada a mãe do software moderno.

3

4. Ada Lovelace

Se nos anos 60, quando Margaret Hamilton desenvolvia seu trabalho, já era difícil encontrar mulheres na área de matemática e computação, imagine no século XIX. Mas foi justamente nessa época que Ada Lovelace, nascida em 1815 na Inglaterra, escreveu o primeiro algoritmo a ser processado por uma máquina. Ela trabalhou com Charles Babbage no projeto da sua máquina analítica e seus algoritmos foram responsáveis por permitir computar funções matemáticas. Poucos sabem, mas a primeira programadora do mundo foi uma mulher!

4

Esperamos que esta data traga consciência sobre a necessidade de um mercado de trabalho mais igualitário e diverso!

Fontes consultadas:
https://pt.wikipedia.org/wiki/Hedy_Lamarr
https://pt.wikipedia.org/wiki/Stephanie_Kwolek
http://www.tecmundo.com.br/nasa/88012-margaret-hamilton-mulher-que-homem-pisasse-lua.htm
http://ie.org.br/site/noticias/exibe/id_sessao/4/id_noticia/10004/11-tecnologias-extraordin%C3%A1rias-criadas-por-mulheres