Dicas para conseguir um novo emprego

Dicas para conseguir um novo emprego

Voltar

Em época de crise, conseguir um novo emprego está nos planos de grande parte dos profissionais brasileiros. No entanto, atingir esse objetivo pode não ser fácil quando o mercado não está muito aquecido. Por isso, é recomendável tomar algumas ações para aumentar as chances de ser contratado no cenário atual em que nos encontramos.

Veja algumas dicas simples que separamos para você se preparar:

Currículo

O currículo influencia profundamente na decisão de contratar ou não certo profissional, por isso é necessário ter um grande cuidado na hora de elaborá-lo. Algumas escolhas aparentemente aleatórias podem fazer uma enorme diferença para os avaliadores, como a ordem em que se colocam as experiências profissionais do candidato, por exemplo. O cargo mais recente deve vir sempre em primeiro lugar e o menos recente deve vir sempre por último.

Além disso, é preciso estar atento ao layout do documento. Uma boa formatação será a primeira coisa a ser considerada pelo leitor, já que basta bater o olho para perceber se o currículo está bem apresentado ou não. Também é preciso prestar atenção para não cometer erros de ortografia e é recomendável ser conciso, sem estender-se demais nas informações apresentadas.

Outro fator importante é dar destaque para instituições renomadas nas quais você estudou ou empresas grandes nas quais trabalhou. Caso um nome não seja muito conhecido, você pode acrescentar uma breve descrição que ajude o recrutador a entender a relevância dessa experiência.

Por fim, não se esqueça de selecionar palavras-chave relevantes, que sejam importantes para a vaga à qual você está concorrendo. Se você estiver se candidatando a uma vaga de projetista, por exemplo, é importante citar termos como “AutoCad” ou “Solid Works”.

Entrevista de Emprego

Se você passou pela fase de análise de currículo e foi chamado para uma entrevista de emprego, é preciso se preparar ainda mais! Esse é o momento em que você poderá causar uma boa impressão, expondo sua experiência e suas qualidades e convencendo o seu entrevistador de que você é a pessoa ideal para ocupar a vaga oferecida.

O chefe de RH da Google, Laszlo Bock, postou em sua página do LinkedIn algumas dicas para se dar bem na hora de enfrentar a tão temida conversa. Uma estratégia é fazer uma lista com as perguntas mais comuns que os entrevistadores fazem, como “quais são seus pontos fortes e fracos?” e “por que deveríamos contratar você?”. Assim, você já pode pensar nas respostas e ficar muito mais tranquilo e confiante caso essas perguntas surjam de fato.

No momento de pensar nas respostas, é indicado que você considere mais de uma opção, a fim de selecionar a mais adequada de acordo com o contexto. Além disso, pense em experiências que comprovem o que você dirá, assim você poderá convencer o seu entrevistador na hora da argumentação.

Outra dica dada por Bock é aproveitar elementos que surgirem no momento da entrevista para abordar informações que possam ser relevantes para o entrevistador. Por exemplo, se você ver um livro que você já leu na prateleira, pode ser interessante fazer um comentário sobre ele. Ler a linguagem corporal do recrutador também pode te ajudar a saber se você precisa falar mais ou menos ou se está indo no ritmo correto, por exemplo.

Networking

Na última semana, postamos um texto com várias dicas para você expandir sua rede de contatos de forma efetiva (clique aqui para ler o post completo).

O networking é indispensável para conseguir oportunidades de negócios exclusivas e que sejam adequadas ao seu perfil profissional. Por isso, é muito importante utilizar estratégias para manter-se visível e interagir com pessoas que estejam dispostas a trocar conhecimentos, formar parcerias e estabelecer relações de colaboração.

Ter momentos de descontração com colegas de profissão é uma ótima forma de estreitar laços e manter sua presença. Isso pode ser feito em encontros descontraídos, fora do ambiente de trabalho, como em um happy hour ou em um evento da empresa.

Também é necessário manter as redes sociais atualizadas, principalmente o LinkedIn. Incluir experiências profissionais recentes, fazer conexões com usuários de sua área e postar conteúdo são algumas das maneiras de manter-se ativo na web e aumentar suas chances de ser lembrado para uma vaga.

Outra opção que anda fazendo sucesso é participar de grupos de networking, nos quais é possível conhecer novas pessoas e trocas experiências, como é o caso do “Clube do Networking” e do BNI.

Você conhece outras maneiras de se preparar para concorrer a uma vaga? Conte-nos!

Fontes consultadas: 
http://www.estagioonline.com/dicas-valiosas/6-pontos-do-seu-curriculo-que-saltam-aos-olhos-do-recrutador/ 
http://engenhariae.com.br/colunas/6-dicas-do-rh-do-google-para-uma-boa-entrevista-de-emprego

Crédito da imagem: https://pixabay.com/pt/terno-de-neg%C3%B3cio-neg%C3%B3cios-homem-690048/


DEIXE AQUI SEU COMENTÁRIO

Receba nossa newsletter