7 dicas para utilizar a linguagem corporal no trabalho

7 dicas para utilizar a linguagem corporal no trabalho

Voltar


Na última semana, fizemos uma postagem sobre como realizar uma apresentação de sucesso, fornecendo algumas técnicas para cativar seu público e passar uma boa imagem. Agora, trazemos uma dica exclusiva e muito importante, relacionada ao mesmo assunto: a utilização da linguagem corporal! Você sabia que nosso corpo e nossos gestos são capazes de transmitir diversas sensações e emoções? Em situações de trabalho ou no universo acadêmico, saber utilizar algumas estratégias não verbais pode ser a chave para que você cause uma boa impressão e atinja diversos objetivos! Confira:

1. Mantenha uma postura reta

Fonte da Imagem: Pixabay


Para transparecer segurança e equilibro é preciso manter a coluna ereta. Quando estamos sentados e nos recostamos para trás podemos demonstrar falta de interesse nos outros, bem como falta de profissionalismo. Ficar “largado na cadeira” transmite, além disso, sensação de imaturidade. Portanto, cuidado com a postura!

2. Faça contato visual

Fonte da Imagem: Pixabay


Desviar o olhar ou ficar com a cabeça abaixada pode causar a sensação de que você está muito inseguro. Olhar nos olhos, por outro lado, contribui para gerar uma sensação de empatia e confiança. No entanto, é preciso tomar cuidado para não exagerar na dose e acabar sendo invasivo.

3. Evite cruzar os braços

Fonte da Imagem: Pixabay


Apesar de ser uma posição que muitos consideram confortável, cruzar os braços pode gerar a sensação de impaciência, ou até mesmo arrogância. Se você for o centro das atenções, essa atitude é ainda mais desaconselhada. Prefira gesticular quando seja necessário, mas tomando cuidado para não pecar pelo excesso.

4. Tenha cuidado com alguns hábitos

Fonte da Imagem: Pixabay


A maioria das pessoas tem alguns hábitos que podem transparecer insegurança e ansiedade, como roer as unhas, mexer muito no cabelo, brincar com relógios e pulseiras, mexer sem parar no celular, batucar na mesa, entre outros. Evite qualquer uma dessas manias, que podem gerar uma péssima impressão no seu interlocutor.

5. Utilize vestimentas apropriadas

Fonte da Imagem: Pixabay


Querendo ou não, a roupa e os acessórios que você escolhe acabam dizendo muito sobre sua personalidade e sobre suas características profissionais. Por isso, escolha opções adequadas ao ambiente no qual você se encontra. Evite vestimentas muito exóticas ou chamativas e preocupe-se com a aparência das peças, deixando-as bem passadas e sem pelos, por exemplo. Investir em roupas confortáveis também é uma ótima opção para quem quer ser elegante sem ficar incomodado.

6. Nunca dê as costas à plateia

Fonte da Imagem: Pixabay


Se você está fazendo uma apresentação ou está, de alguma forma, em evidência, nunca dê as costas aos seus espectadores. Isso demonstra falta de educação e, além disso, pode fazer o público perder o interesse no que você está falando. Por isso, fale sempre olhando para as pessoas, fazendo contato visual sempre que possível.

7. Sorria!

Fonte da Imagem: Pixabay


Apesar de ser um dos gestos mais simples, sorrir é essencial para transmitir confiança, segurança, abertura e simpatia. Ninguém quer lidar com alguém que pareça carrancudo, não é mesmo? Por outro lado, evite rir muito alto ou dar gargalhadas efusivas, pois podem passar uma sensação desagradável às pessoas.

 

Gostou das dicas? Tem alguma dúvida? Deixe seu comentário!

 

 

Fontes consultadas:

http://exame.abril.com.br/carreira/12-truques-de-linguagem-corporal-para-entrevistas-de-emprego/

http://www.jornaldoempreendedor.com.br/destaques/o-poder-da-linguagem-corporal-no-trabalho/

http://g1.globo.com/concursos-e-emprego/noticia/2014/05/autora-lista-os-7-piores-erros-da-linguagem-corporal-na-entrevista.html  

http://www.pixabay.com 

 Imagem de capa:

https://pixabay.com/pt/homem-de-neg%C3%B3cios-homem-bonito-1385050/


DEIXE AQUI SEU COMENTÁRIO

Receba nossa newsletter