Não é nenhuma novidade que os chineses se destacam quando o assunto é educação. Os alunos orientais costumam conquistar os primeiros posicionamentos em rankings mundiais de grande prestígio, como o Programme for International Student Assessment (PISA). Os bons resultados, obviamente, não estão relacionados a questões genéticas, mas sim a questões culturais e de hábitos diários.

É claro que algumas atitudes desses alunos podem parecer muito extremistas para nós, mas isso não significa que não possamos nos espelhar nelas e adaptá-las para caberem em nossa realidade. Seguir o exemplo de pessoas de sucesso é um ótimo passo para começar a atingir nossas metas. Confira, então, 5 práticas de estudos dos chineses que você pode adotar em sua vida:

1. Investir em educação extra

Os chineses não se conformam com a educação “padrão”. Eles sempre buscam cursos extras para aprimorar seus conhecimentos, para explorar melhor os conteúdos ou para esclarecer tudo o que não estiver claro. Assim, nada de se acomodar e ficar só no que é esperado: vá além!

2. Aumentar as horas de estudo

Acreditar que estudar se resume a ir às aulas é um pensamento que não vai te levar longe. Os chineses estudam três vezes mais do que a média mundial. Além de passarem o dia inteiro na escola, eles ainda se dedicam aos estudos em casa, passando mais de doze horas por dia estudando.

3. Aproveitar finais de semana e férias para estudar

Os chineses, quando tiram férias, continuam estudando em cursinhos ou mesmo em casa. O importante, para eles, é não ficar parado. Sabemos que no nosso contexto isso parece estranho, mas é possível achar um equilíbrio entre descanso e estudos, a fim de não perder o ritmo e de continuar sendo produtivo mesmo em momentos de recesso.

4. Aprender um novo idioma

O ensino de uma língua estrangeira é algo muito valorizado na China, e os alunos passam grande parte de seu tempo aprendendo um novo idioma. Estudar uma língua estrangeira é uma ótima forma de melhorar a criatividade, de abrir a mente e de melhorar o currículo.

5. Praticar esportes

Realizar atividades físicas é tão importante quanto ler ou escrever. Exercitar o corpo ajuda também a exercitar a mente e melhora o intelecto, além de ajuda na diminuição do stress causado pelos estudos. Dessa forma, um esporte não deve ser visto como uma atividade de lazer opcional, mas sim como uma obrigação!

beijing-opera-1160109_1280

Gostou das nossas dicas? Então veja 5 provérbios chineses e inspire-se ainda mais!

• “Para cortar uma árvore bem rápido, gaste o dobro do tempo afiando o machado”.
• “O aprendizado é como o horizonte: não há limites”.
• “O bom estrategista traz um exército dentro da cabeça”.
• “Um pássaro não pode voar enquanto suas penas não estiverem plenamente desenvolvidas”.
• “Tecer uma rede é melhor do que rezar por um peixe à beira d’água”.