4 atitudes que te prejudicam como profissional

4 atitudes que te prejudicam como profissional

Voltar

Muito se fala das coisas que devemos fazer para nos tornarmos profissionais melhores. Mas, por outro lado, quase nunca ouvimos falar sobre aquilo que devemos evitar, não é mesmo? Por isso, listamos 4 atitudes que são bastante comuns, mas que podem causar prejuízos à sua imagem, à sua produtividade ou a outros aspectos relacionados à sua carreira profissional. Confira nossa lista!

1. Dizer “sim” para tudo.

Muitas pessoas têm medo de dizer “não” e acabam se comprometendo a realizar mais tarefas do que são capazes de cumprir. É comum sentir que, se negarmos algum pedido, principalmente aos nossos chefes, seremos considerados incompetentes, ou até mesmo rudes. Mas, na verdade, quando estamos sobrecarregados e aceitamos outras demandas, corremos o risco de não dar conta de cumprir os prazos ou de realizar trabalhos mal feitos, o que, no final, prejudica a nossa imagem. E, ainda por cima, nos deixa mais estressados! Por isso, a melhor opção é explicar, educadamente, que você está muito atarefado com outras atividades, explicitando quais são e os prazos de cada uma. Além de estar sendo honesto, você passará a imagem de um profissional sensato, organizado e seguro de si.

2. Não assumir a culpa por erros.

É difícil admitir isso, mas errar realmente é humano. No entanto, muitos profissionais acham que é vergonhoso demais admitir a culpa e acabam terceirizando sua responsabilidade, justificando-se a partir de fatores externos, como o trânsito, o clima e os colegas de trabalho. Jogar a culpa em sua equipe, principalmente se você for o líder, demonstra falta de profissionalismo e de liderança, além de abalar a sua relação com as pessoas envolvidas. Dessa forma, a melhor opção é admitir o erro e logo em seguida propor a solução, demonstrando firmeza e proatividade.

3. Achar que deve resolver tudo sozinho.

É normal sentir vergonha de pedir explicações a um colega ou a um chefe sobre determinado assunto. Mas, com certeza, requisitar ajuda é muito melhor do que perder tempo tentando resolver algo sozinho, ainda mais porque você estará correndo o risco de, no final, não achar a solução. Pode parecer clichê, mas ninguém tem a obrigação de saber tudo. Todos temos nossos pontos fortes e nossos pontos fracos, e devemos aceitá-los. Uma ação fundamental é sempre interagir com os colegas e descobrir quais são as virtudes de cada um, assim você saberá a quem recorrer quando precisar de auxílio. Da mesma forma, esteja sempre disponível para ajudar quem precise, pois, além de estar fazendo uma boa ação estendendo a mão ao próximo, você também ficará mais à vontade quando precisar de uma ajudinha.

4. Usar frases que demonstrem inferioridade.

Muitas vezes precisamos nos dirigir a alguém que exerce um cargo superior e nos esforçamos ao máximo para parecer educados e respeitosos. Mas é preciso ficar ligado: muitas frases que utilizamos com esse intuito podem ter um efeito muito negativo. Danny Rubin, colunista do site “Newstoliveby”, listou algumas frases que demonstram fraqueza e que, por isso, devem sempre ser evitadas. Como exemplo, podemos mencionar: ‘desculpe te incomodar…’ e ‘espero que não tenha problema…”. De acordo com Rubin, não devemos pedir desculpas se não estamos fazendo nada errado. A palavra “desculpe” deixa transparecer insegurança e uma sensação de subordinação extrema. Além disso, dizer algo como ‘espero que não tenha problema’ faz você perder sua autoridade totalmente. Por isso, seja sempre firme no que está falando, sem rodeios demais.

Fonte consultada:
http://www.newstoliveby.net/2015/09/09/writing-skills-words-weak/


DEIXE AQUI SEU COMENTÁRIO

Receba nossa newsletter